Pilates pode auxiliar na recuperação de pacientes com síndrome da fadiga crônica pós-covid-19 com pilates?

Pilates pode auxiliar na recuperação de pacientes com síndrome da fadiga crônica pós-covid-19 com pilates?
8 de março de 2021 zweiarts

A síndrome da fadiga crônica ou encefalomielite miálgica, tem sido uma das sequelas apresentada por pacientes acometidos por COVID-19.De acordo com a Organização Mundial da Saúde, essa síndrome é considerada uma doença neurológica por causar uma fadiga debilitante por um período razoável. Mas ainda é uma incerteza dentro da comunidade médica, que ainda busca entender se o problema está ligado a questões neurológicas ou mesmo imunológicas.

Normalmente os pacientes apresentam os seguintes sintomas: cansaço grande, tolerância baixa a dor e luminosidade, dores musculares, problemas de memória. É como se a pessoa ficasse sem energia.

O tratamento para essa síndrome deve ser multimodal e a prática de atividade física regular é muito importante nesse processo de melhora. Sendo o pilates uma excelente alternativa pois o método proporciona volta gradativa do paciente ao seu padrão ideal de disposição, começando lentamente com uma reabilitação adequada e transitando para um padrão de atividade física de acordo com os progressos apresentados.

Normalmente quando se fala em reabilitação dentro do Pilates, pensamos primeiramente em patologias ortopédicas, é muito importante saber que o pilates pode sim trabalhar outros tipos de patologias como as respiratórias e comportamentais, pois o método oferece um controle singular da respiração e promoveestímulos de concentração, consciência corporal e coordenação, fatores esses que influenciam diretamente na melhora dos sintomas.

Murilo GuiseliniBoin
Educador Físico – Instrutor de Pilates
CREF-141298-G/SP

Enviar mensagem
Fale Conosco
Olá! Tudo bem? Gostaria de mais informações sobre Pilates pode auxiliar na recuperação de pacientes com síndrome da fadiga crônica pós-covid-19 com pilates?.